sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Vínculos fortes, filhos felizes

 
Vínculos fortes, filhos felizes foi o tema de uma conferência dada pelo psicológo canadiano Gordon Neufield no passado dia 16 de Novembro em Lisboa. Não assisti, nem conhecia este senhor mas gostei do que li a respeito do evento.

“As crianças precisam da tristeza, da tragédia para crescerem. Precisam de ter as suas lágrimas”, defende. Nos primeiros meses e anos de vida, o “não” dito pelos pais ajuda a disciplinar, em vez de estragar a criança."
 
"só se atinge o bem-estar através da educação e esta deve estar a cargo das famílias e não do Estado"
 
De acordo com Gordon Neufield para garantir o bem-estar de qualquer ser humano ou sociedade é necessário preencher seis necessidades:

1) aprender a crescer;
2) criar vínculos profundos com os adultos, estabelecer relações fortes;
3) A ligação, ou sejam os vínculos, deve ser contínua; 
4) necessidade de descansar;
5) Brincar é a quinta necessidade a suprir;
6) capacidade de sentir as emoções, de ter um “coração sensível”.

"Os pais são os primeiros e são insubstituíveis na educação dos filhos e são eles que devem ser responsáveis pelo seu desenvolvimento integral e felicidade."
 
Concordo plenamente com as ideias expostas, só lamento que a nós pais nos reste cada vez menos tempo para exercermos o nosso papel em pleno, assumindo de facto o nosso papel de educador. A sociedade em que estamos inseridos cada vez se esquece mais do valor da família e da verdadeira essência do ser humano. Indo de encontro ao meu post anterior, sinto que cada vez mais o nosso papel se assemelha a "máquinas produtoras e consumidoras". E resta pouco espaço para vivermos a vida em pleno.
 
Nota: os parágrafos entre aspas são citações do artigo de Bárbara Wong publicado no Jornal Público.
 

1 comentário:

  1. "conheci-o" numa reportagem numa das revistas de pais e filhos q leio.

    ResponderEliminar

Se tem algo a dizer... diga... simplesmente deixe um comentário!