terça-feira, 14 de janeiro de 2020

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Bom ano novo!

Já 10 dias se passaram deste novo ano! Este ano não me dediquei a grandes reflexões ou estabelecer objectivos. Simplesmente desejo paz e harmonia. De resto os dias vão se seguindo, uns melhores de que outros. Uns agitados, outros tranquilos. 

Desafios, desafios? O que verdadeiramente me importa é chegar ao fim do dia e estar bem com as pessoas que amo!

Bom ano para todos!

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Água: uma força da natureza

Corre veloz, arrastando tudo o que encontra.
Do leito escapou
e ruidosa segue dentro e fora do caudal.
Água do rio que passa
ora subtil,
ora como agora agreste e impiedoso!

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Já diz o ditado...

Não vale a pena sofrer por antecipação e, não vale a pena chorar sobre o leite derramado!
No meu caso o que lá vai, lá vai... mas o que lá vem muitas vezes faz-me sofrer por antecipação. 

Mistura peganhenta!

Ora como todas as mães que têm filhos em idade escolar, de vez em quando recebo um recadinho da escola para "pôr as mãos na massa"! 

Como o Natal se aproxima a passos velozes na semana passada lá veio o recadinho a dobrar. Este ano para decorar a escola foi solicitado que fizéssemos, em família, meias de Natal a partir de materiais reciclados e da natureza!

Ora as meias ficaram prontas e a casa ficou a brilhar.
É o que dá misturar cola, algodão e surpresa, surpresa, purpurinas!

Mas os trabalhos ficaram feitos! Não têm aspecto de catálogo, mas posso orgulhosamente dizer que os meus meninos participaram na sua elaboração! 

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Privação de sono é tortura

Há quanto tempo desejo poder dormir uma noite inteira sem interrupções? Há tanto tempo que já parece uma miragem.

Esta semana não tem sido fácil, correrias o dia inteiro, actividades aqui e ali, testes de avaliação ao virar da esquina, reuniões e noites tremendamente mal dormidas.

Hoje foi a gota de água... depois das 4 da manhã não preguei mais olho... comecei por calmamente explicar ao pequeno que tinha de dormir, que tinha de ficar na cama dele, que não precisa de pedir autorização cada vez que quer fazer xi-xi... que tinha de dormir... até que descambei! Passei a ameaçar isto e aquilo e claro está de seguida fui assolada por um tremendo sentimento de culpa... porque não deveria descontrolar-me.

Mas é isto e não dá para voltar atrás! A privação de sono é tramada e faz nos vestir vestes que não sentimos como nossas...

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

E a citação do dia é...

"O sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder entusiasmo"

Churchill, Winston

Outono...

Sinto que pela primeira vez na vida estou tal e qual a estação do ano. Sinto-me outonal, murcha, desalentada e sem energia!

Claro que não é o Outono que disto tudo tem culpa, é a vida que nos vai mostrando que nem tudo são mares de rosas e cenários idílicos. Não se preocupem no fundo está tudo bem comigo... mas há coisas que me apoquentam e me frustram. E se quando era mais nova conseguia facilmente ultrapassar-las, agora parecem tão definitivas que por mais que queira só consigo ver a parte "cinzenta".

Sabem o que é dar tudo o que se tem durante duas décadas a determinada causa? Não ver reconhecimento, não ver validação e ver toda a gente a ultrapassar-nos? Só porque sim, só porque são amigos, familiares, da mesma cor e sabem dar graxa? ... 

E no meio disso tudo sempre fazer mais, e mais!

Apetece-me mandar tudo pelos ares... seguir um novo rumo, reformar-me...

Mas do outro lado da barricada as coisas não se afiguram mais risonhas. Só me resta continuar a pedalar e esperar que esta nuvem negra deixe de pairar sobre mim.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Marcos na vida

Foi óptimo, foi natural, foi criação de laços, foi proximidade, foi estar ali sempre que necessário, foi sobretudo amor...

um processo que começou no dia 25 de Fevereiro de 2015 e terminou a 9 de Outubro de 2019.

Agora chegou ao fim a nossa jornada da amamentação!

Livre escolha minha e do meu filho.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Sobre Conguito e Aladino...

Já não há pachorra para isto. A ideologia do politicamente correcto tornou-se uma autêntica ditadura que não permite espaço para o humor, nem contextualização histórica, nem sequer uma pitadinha de bom senso. Estamos perante uma espécie de fascismo social e relacional.
Vale a pena ler o artigo de opinião de José Brissos-Lino, na Visão, a respeito do extremismo que é actualmente aplicado  a comentários, imagens e afins que surgem nas redes sociais e a forma como são interpretados e julgados por quem os lê.