quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Dangerous?

Leitora compulsiva me confesso!
Sem um livro à mão, sinto uma estranha nudez...
mas de "perigosa", julgo eu, pouco ou nada tenho.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

A difícil arte de decidir

Boas decisões!
Bom fim de semana!

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Cão destruidor: novo episódio

Eis o que encontrei à porta esta manhã!
E se vissem o olhar de "inocente"...

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Cão destruidor...

Ora lá em casa temos um lindo e fofinho labrador com pouco mais de 2 anos! Ele veio como "brinde" com a compra da casa e desde então tem dado alguma despesa. Sim, as idas ao veterinário, as coleiras anti tudo, a comida e tudo o mais contribuem e bem para o aumento da despesa familiar. O problema é que não nos ficamos por aí...

Querido cão tem um terrível comportamento e esse tende a agravar-se cada vez que se apercebe que não está ninguém em casa! Estando lá nem que seja apenas um de nós nada acontece. Mas assim que se sente só e abandonado começam os disparates: bolas, berbequins, garrafões de água, baldes, roupa... enfim, tudo o que conseguir alcançar ele destrói! Já aprendemos a lição e temos o cuidado de não deixar nada à mão. Mas às vezes há esquecimentos.

E hoje até que o esquecimento não foi tão mau! Querido homem saiu de casa e deixou o seu lindo chapéu (NOT) ao alcance do nosso cãozinho! Resultado: ficou sem chapéuzinho.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

De esfregona na mão...

O mais novo já desfraldou há largos meses atrás e apesar de bem mais tarde de que o irmão, a coisa não correu mal e poucas vezes foi necessário recorrer à esfregona.

Porém o mais novo gosta de nos desafiar e testar (apetece-me por as coisas por outras palavras... mas tendo em atenção o que dizem os entendidos no assunto vou proferir-las apenas mentalmente! Lol]). 

De há uns dias para cá o rapaz apanhou a mania de se despir... o problema é que quando se apanha com a "piloca" ao leu dá-lhe para fazer disparates! 

Da primeira vez abriu a máquina de lavar e perguntou se podia fazer xixi lá dentro. Consegui evitá-lo.

Pouco depois resolveu fazer xixi no bidé. Cheguei tarde demais, mas lá levou a reprimenda.

Quando eu estava a preparar o jantar, olhei para a sala e.... lá estava ele de pé no sofá a fazer xixi nas almofadas do sofá! Eu que não sou de levantar a mão e que sempre defendi que é com palavras que se resolvem os assuntos, assentei-lhe uma palmada, que aparentemente apenas em mim surtiu efeito. Pois ele seguiu contente e radiante com a vida com um largo sorriso no rosto. 

Expliquei-lhe que aquilo não se fazia e que apenas podia fazer xixi na sanita e durante 10 minutos coloquei-o de castigo. Antes de o retirar repetimos a lição: Então onde é que se faz xixi? Na sanita. E onde é que tu vais fazer xixi? Na sanita.

Mas de pouco ou nada valeu... pois no dia seguinte repetiu a dose: xixi no sofá, xixi no tapete, xixi na varanda. Espero que tenha sido uma palhaçada passageira... pois caso contrário sua excelência vai ter muitos castigos e reprimendas pela frente.

(e eu vou ter que fazer um retiro zen para não ficar com os cabelos em pé!)

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Preciso de (mais) férias

Definitivamente preciso de mais férias. É a conclusão a que chego quando menos de 3 semanas após o regresso ao trabalho dou comigo a pesquisar casas no AIRBNB... e a estudar o melhor local para uns diazinhos de descanso em Setembro!

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Fantasias da adolescência...

Quem não teve as suas fantasias de adolescente? Os seus «cruches» por cantores da moda?
Ohhh.... naqueles longínquos anos eu sonhava de olhos abertos e apaixonados ao som das suas românticas, melosas e suaves melodias.

Eis os homens que povoavam os meus sonhos:

Brian Adams

Eros Ramazzotti

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Grande verdade...

Uma frase que se encaixa perfeitamente na forma como penso sobre as escolhas que fui fazendo ao longo da minha vida. 
As escolhas que fiz no percurso da minha vida, podem não ter sido sempre as melhores, mas de nenhuma me arrependo. Todas elas contribuíram para de uma forma ou de outra me enriquecerem e me trazerem até onde estou hoje. 

sábado, 21 de julho de 2018

Coisas de D. Pimpolho

Contrariamente ao usual que é acordar de madrugada, um dia destes tive de ir acordar D. Pimpolho.
Abeirei-me da cama e disse-lhe que estava na hora de se levantar.
Meio ensonado, respondeu:
- Mãe, são só mais cinco minutos para poder acabar este sonho!

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Fanáticos dos computadores...


Roland Fiddy in Os Fanáticos dos Computadores
Lisboa: D. Quixote, 1992